Essa semana uma amiga me mandou um artigo daqui da Universidade de Toronto, eu achei tão interessante e tão coerente com a nossa realidade que resolvi compartilhar.

A pesquisa feita pela Universidade de Toronto acredita que livros com ilustrações de personagens baseados em animais, por exemplo: Franklin, a tartaruga e Ursinho Pooh não são tão efetivos no desenvolvimento do comportamento social infantil, quanto Dora, a aventureira.

“Crianças aprenderão mais através de livros com personagens com as quais elas possam se identificar, que os represente,” diz pesquisadora Patricia Ganea “Portanto, uma personagem humana, ao invés de um animal vestido de humano.” É mais difícil se identificar com um porquinho falando, do que com uma outra criança.

Crianças se identificam com crianças, cada um com o seu histórico: diferentes famílias, cores, roupas, sentimentos, religiões… Os animais não conseguem explorar todos esses aspectos, além de criar uma falsa impressão de que podemos nos relacionar com os leões, por exemplo, ou que podemos ser amigos de uma girafa…

Mas isso não significa que os pais devam abolir os livros de animais, mas expandir a literatura infantil, diversificar a qualidade dos livros. A mensagem não é que não devamos ler livros de fantasia – estes são fantásticos e deverão sim ser explorados. Mas que além dos livros de fantasia, vamos também procurar livros que representem gêneros diferentes, outro status social, várias cores de pele…

A matéria completa está aqui:

http://www.cbc.ca/news/canada/toronto/uoft-storybook-research-1.4256881?platform=hootsuite 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s