Eu já fiz um post sobre as diferenças mais estruturais entre a educação no Brasil e no Canadá (clique aqui para ler). Hoje queria falar um pouco do que eu sinto na prática. Lembrando que é sobre Educação Infantil, os chamados Day Care aqui. As crianças podem entrar a partir dos 4 meses de idade.

As escolas são todas muito disputadas:

Como no Canadá você só pode colocar seu filho em uma escola realmente perto da sua casa, acaba limitando bem as possibilidades, e uma coisa bastante comum é ficar na fila de espera durante meses para conseguir colocar seu filho em alguma escola.

Os pais tem que assinar um contrato de bom comportamento dos filhos, caso contrário: expulsão

Sim, é verdade. No Canadá as crianças que tem comportamentos muito inaceitáveis são expulsos do Day Care. Dessa forma, os pais são bem preocupados com a educação em casa. Mas é claro que a escola oferece suporte, existem muitos psicólogos e terapeutas ocupacionais trabalhando junto com os professores. Pessoalmente não consigo imaginar o que uma criança pode fazer para ser expulsa do Day Care, mas existe essa lei.

Todas as escolas são avaliadas semestralmente por um órgão governamental que pode, desde recolher licença das professoras mal avaliadas, até fechar a escola:

Esse momento é o mais temido dentro de todas as escolas. Todas as escolas de Ontario (província do Canadá que eu moro) estão registradas em um site governamental. Nesse site consta a avaliação da escola: higiene, saúde, profissionalismo, dedicação dos professores, comportamento, planejamento das aulas… É a ficha completa mesmo, para que os pais possam escolher (na medida do possível) a melhor escola para seus filhos, e também para manter um “controle de qualidade” para as escolas de Ontario.

Eles observam coisas como: troca de fralda correta de todos os funcionários, antecipação de acidentes, higiene na hora das refeições, educação e respeito entre os funcionários, relação professor-criança, redirecionamentos correto das crianças feito pelos professores, incentivo de autonomia e desenvolvimento das habilidades de acordo com a faixa etária…

A escola não mistura pessoal com profissional:

Por conta de todas essas restrições e controles de qualidade que a escola sofre, não existe nenhuma mudança de comportamento (do considerado correto pela organização da província da Ontario), mesmo que solicitados pelos pais. Vou dar um exemplo: uma criança que entra na escola com 1 ano já precisa saber se alimentar sozinha. Como isso é motivo de muita discórdia entre os pais, a diretora da escola já avisa: “Seu filho vai entrar aqui daqui a 2 meses? Já começa a deixá-lo comer sozinho em casa, aqui na escola ninguém da comida na boca de nenhuma criança. Damos pequenos pedaços no prato e eles comem com a mão, até aprender a usar os talheres”.

E não adianta mudar de escola, pois todas são assim, as regras são as mesmas. Isso eu já presenciei: se a criança não quer/não come sozinha, ela simplesmente passa o dia sem comer, ninguém fica com dó. Ou come o que tem, na hora do almoço/lanche, ou espera a próxima refeição.

As escolas públicas são muito melhores e muito mais disputadas que as particulares:

São as escolas públicas que tem os melhores professores, que tem mais prestígio e os que ganham melhor. São as escolas públicas que tem filas de espera enormes, espaços mais apropriados e funcionários muito melhor preparados.

O contato físico do professor com a criança (quase) não acontece:

Como a grande prioridade da Educação Infantil é o desenvolvimento da autonomia, os professores abominam crianças dependentes deles. Aqui a principal ferramenta para o desenvolvimento da autonomia é o empoderamento da criança, pode ser mais doído no início, mas aqui é muito importante que a criança consiga se sentir segura sozinha. Acreditem se quiser: raramente eles pegam crianças no colo, somente em adaptação, mas no geral, quando a criança está muito chateada eles oferecem um abraço.

Existe uma relação adulto x crianças que deve ser respeitada:

A relação para os infants, por exemplo (até 1 ano e meio) é sempre 1 profissional para cada 3 crianças: Em hipótese alguma pode-se mudar essa relação. Se uma sala de aula tem 12 crianças, necessariamente devem ter 4 professoras (não estou brincando, professoras formadas, com licença) na sala de aula. Se, por algum motivo alguma professora faltar, as crianças tem que ser reorganizadas, dividindo em outras salas ou convocando as professoras supplies (que são contratadas para serem substitutas) para ir trabalhar justamente nesses casos. Toddlers e preschoolers são diferentes: 1 adulto para 4 toddlers e 1 adulto para 7 preschoolers.

Advertisements

2 replies on “7 fatos que ninguém te contou sobre a prática da educação infantil no Canadá

  1. As escolas aqui visam a independência da criança, daí é se adaptar a isso.

    Se alguém tem tendência a, por exemplo, amarrar sapatos dos filhos, esqueça ! As escolas esperam que vc os ensinem a fazê-lo por eles próprios.

    Quanto a tocar a criança, esse é um assunto controverso, mas essencialmente vem de acusações de pedofilia que se ouvem. A escola não quer correr esse risco.

    Like

  2. Adorei! Sou professora no Brasil de Educação Infantil. Temos muitos desafios aqui e gosto de trocar experiências.
    Aqui algumas coisas ainda precisam mudar principalmente em relação à educação que vem de casa somos muito desvalorizadas e a falta de respeito é dos alunos e principalmente dos pais.
    Gostaria muito de um dia poder conhecer como funciona uma escola fora do Brasil.
    Por gentileza você pode me informar se você precisou fazer adaptações no seu currículo para dar aula no Canadá?
    Gostaria de trocar mais experiências. E conhecer a rotina de vocês.
    Sou muito dedicada no que faço e amo estar em sala de aula principalmente com os pequenos.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s