Hoje vim falar sobre o vídeo de uma criança de uns 7 anos dando um surto na sala e a professora tentando contê-lo usando força física. Ela pede para que a criança se sente e ele começa a mordê-la, xingá-la, enquanto a professora o segura e tenta arrastá-lo para a cadeira.

Para quem não viu o vídeo, não me sinto confortável divulgando o link, pois além de uma grande falta de respeito, acho bastante anti-ético.

Primeiro eu queria dar um recado para as pessoas que enchem a boca pra dizer que educação vem de casa: eu te pergunto, e professor de Ed. Infantil faz o que? Professor de Ed. Infantil é palestrante por acaso? Que na hora que ele fala, todos devem ficar calados? Cadê aquela frase: me respeite que eu te respeito? Sinto dizer que essas pessoas ou não fizeram pedagogia ou faltaram em todas as aulas de humanidade, pois qualquer um que trabalhe na área sabe que esse tipo de comportamento infantil é bem comum, talvez um pouco mais novo, mas acontece diariamente.

Bom, sobre a criança do vídeo, na minha opinião, independente do que ele esteja passando em casa, com a família (quais sejam os problemas), devemos acreditar que a criança é diferente em casa e na escola. Fácil é criticar os pais e a criança, mas que tal tentar ajudar? Além disso, fica claro que a criança está com grandes dificuldades de conseguir se controlar. Em pedagogia chamamos isso de self-regulation (controle emocional) e é uma habilidade desenvolvida desde o nascimento, quando corretamente estimulada.

Assim como eu já falei em outros posts aqui no blog (para ler clique aqui) não devemos nunca “bater de frente” com uma criança, afinal, somos os adultos e eles as crianças. Quando você sai na mão, está aceitando aquele comportamento violento que a criança está demonstrando e pior, está o ensinando que é assim que resolve (o mais forte ganha). Não podemos ensinar que a violência é a solução para algum problema! Pelo amor, criança foi feita para ser educada por quem estiver mais perto.

Se uma criança dessa idade está demonstrando comportamentos comuns de um toddler, junior preschooler (2 a 3 anos), precisamos desenvolver estratégias para lidar com uma criança imatura emocionalmente. Está muito pesado para a professora sozinha? Ela se descontrolou? Isso também é normal, mas é por isso que na escola precisa dar o apoio necessário a todos os funcionários. Dar um tempo para a professora se acalmar, enquanto isso outro funcionário fica na sala (durante um surto de alguma criança, por exemplo). Durante as reuniões pedagógicas essa questão precisa ser levantada, como vamos ajudar o fulano a se desenvolver emocionalmente? Qual deve ser o nosso comportamento quando ele surta? Vamos preparar a sala para ter mais ambientes que ajudem uma criança a se acalmar? Vamos direcioná-lo a esses ambientes? Vamos explicar para todas as crianças da sala como se comportar quando estivermos muito nervosos/ frustrados, irritados? Vamos saber reconhecer e nomear os nossos sentimentos? Vamos dar autonomia para as crianças irem para esses ambientes quando precisarem se acalmar? Vamos fazer alguma coisa? Vamos ser professores?

 

(function(g){g.__ATA.initVideoAd({format: 'inread', sectionId:1265303015});})(window);
Advertisements

4 replies on “O vídeo polêmico da semana: uma criança de aproximadamente 7 anos dando um surto na sala e a professora tentando contê-lo usando força física.

  1. É ruim demais quem faz um artigo sobre um vídeo e não posta o vídeo para que as pessoas possam avaliar se o artigo faz sentido ou não.

    Seria melhor não publicar o artigo, se a ideia era de ser politicamente correto.

    A informação ficou incompleta.

    Liked by 1 person

  2. Muito bom o seu posicionamento Eliska. Lamento que algumas pessoas só consigam enxergar o lado ruim da criança. Assiti ao vídeo e me espantei como uma professora pode fazer aquilo e como alguém pode filmar.

    Liked by 1 person

  3. É uma pena que não temos profissionais tão humanos que tratem a Educação com tanto amor que nem você! Meus parabéns sinceros, tem o meu respeito!

    Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s